Slide 1 Slide 2 Slide 3 Slide 4 Slide 5
Postado por Anderson Souza | 0 comentários

Emotional Hotel: Aqui quem cozinha são os clientes

Rui e Rita Anastácio Diana Quintela
Rui e Rita Anastácio acreditam que têm um hotel único no mundo. Dizem que uma coisa levou à outra: primeiro, decidiram ir viver para uma aldeia onde não tinham raízes - Alvados, perto de Minde e Porto-de-Mós. Depois, em 2004, investiram num conceito de turismo rural, a Casa dos Matos - e começaram a receber pessoas na sua própria casa. 

O projeto cresceu e os dois engenheiros quiseram mais: ampliaram a Casa dos Matos e começaram a pensar num novo projeto. “Queríamos fazer alguma coisa diferente do que existia. De nada servia investir se não fosse para ser diferente”, explica Rui, esclarecendo o principal objetivo do Cooking and Nature Emotional Hotel: diferenciação para fazer face ao decréscimo da procura interna.

Foi assim que surgiu a ideia de criarem um hotel onde os hóspedes têm um papel fundamental. Os quartos (12) são todos diferentes, com uma decoração que transporta para cenários e emoções distintos. Por isso, há uma alcatifa com naperons no quarto da saudade e da melancolia, apliques de rinoceronte iluminam o quarto da aventura e da descoberta e há uma cadeira de baloiço em forma de ninho no quarto do aconchego e da proteção.

“A ideia-base, escrita no primeiro documento, tinha um livro, dois filmes e três músicas associados a cada quarto. Simplificámos o processo e agora só remete para um filme, que está no quarto e pode ser visto pelos hóspedes”, esclarece Rita, que continua a dar aulas no politécnico de Tomar. Rui decidiu dedicar-se a tempo inteiro ao projeto e fez uma especialização em direção hoteleira. Vai todos os dias a pé ou de bicicleta para o trabalho, criou dois postos de trabalho diretos e outros tantos indiretos graças ao hotel, que exigiu um investimento de 1,2 milhões de euros (incluindo 200 mil euros de capitais próprios e a ajuda de fundos comunitários). E já só pensa nos objetivos que traçou: um preço médio de 100 euros/noite no hotel novo, uma taxa de ocupação próxima dos 40% até final do ano (que chegue aos 50% no segundo e terceiro anos) e clientes da Europa central (Bélgica, Holanda e Alemanha), Brasil e China.



Fonte: http://goo.gl/eed9Z
Read more...
Postado por Anderson Souza | 0 comentários

Conheça as belezas de Bonito, no Mato Grosso do Sul

Já pensou em conhecer Bonito e visitar as belezas que a cidade oferece? Não deixe de procurar pacote de viagens para a cidade, que deve estar no seu roteiro de férias, principalmente se você gosta de uma boa aventura e contato com a natureza. Os hotéis da cidade contam com máximo conforto e infraestrutura, não se esqueça de incluí-los no pacote. Entre os mais procurados estão o Hotel Cabanas e o Hotel Lago Azul.
Abismo Anhumas

Lá, você pode praticar rapel no Abismo Anhumas, que consiste numa descida de 72 metros que acontece no meio de uma fenda aberta numa rocha. Ao chegar a solo, o visitante se depara com uma caverna e um lago de águas cristalinas onde ele poderá nadar e explorar as lindas paisagens do local. Outro lugar muito bonito para visitar e praticar o mergulho é o Aquário Natural de Baía Bonita, que oferece uma das águas mais cristalinas do mundo, fazendo dele o ambiente perfeito para o snorkeling.
Aquário Natural de Baia Bonita

Você também pode passear de bote inflável nos rios da região. Alguns oferecem percursos de aproximadamente 7 quilômetros de distância, com botes para até 11 pessoas. O passeio no Rio Formoso e o Bonito Scuba são os preferidos dos turistas e terminam seu percurso na Ilha do Padre.
Bonito Scuba

Para quem quer se refrescar nas cachoeiras da região o indicado é ir até à Boca da Onça, às Cachoeiras do Rio Peixe, à Ceita Corê, à Estância Mimosa ou ao Parque das Cachoeiras. Nesses locais é possível encontrar belíssimas cachoeiras, registrar fotos inesquecíveis e passear por diversas trilhas, sempre em contato com a natureza.
Cachoeira do Rio Peixe

Outra beleza natural de Bonito é a praia, só que de água doce, que também atrai muitos turistas. É o caso da Praia da Figueira, que se originou de uma área de extração de calcário e tem água corrente, coqueiros e areia branca. Nos dias de sol é uma ótima opção de passeio, onde você pode se refrescar em cachoeiras ou piscinas naturais e praticar diversos exercícios com sua família e seus amigos.
Praia da Figueira

Também não deixe de visitar o Buraco das Araras, uma trilha que oferece uma visão panorâmica de araras-vermelhas e outras aves sempre ao final do dia, se tornando uma belíssima cena para ser fotografada e guardada na memória.
Buraco das Araras

Conhecer as belezas naturais de Bonito pode te aproximar mais da natureza e fazer com que a sua viagem de férias seja inesquecível.

Por: Anabela Calegaro
Graduada em Comunicação Social - Jornalismo



Read more...
Postado por Anderson Souza | 0 comentários

Vereador quer projeto de ecoturismo no Parque São Bartolomeu


Região é reserva da Mata Atlântica
O vereador J. Carlos Filho (PT) sugeriu ao governo do estado, através de indicação, a implantação de um projeto ecoturismo no Parque São Bartolomeu, localizado no Subúrbio Ferroviário de Salvador. De acordo com a proposta, a ação quer ampliar seu potencial ambiental, cultural e turístico. “O Parque São Bartolomeu é uma das poucas reservas de Mata Atlântica em área urbana em Salvador. Além disso, o local guarda simbologias das religiões de matriz africana em suas árvores, águas e matas. A porção do Parque São Bartolomeu que se estende à direita do Rio do Cobre representa a maior referencia dos cultos afro-brasileiros de Salvador e da Bahia. A floresta, as nascentes, as cascatas (Nana, Oxum e Oxumaré) e as rochas (Pedra do Tempo e Pedra de Omulú) são consideradas áreas sagradas, objeto de culto e peregrinação, desde a metade do século XIX”, defendeu. O Parque de São Bartolomeu está classificado na categoria de Área Não Edificavel de Domínio Público (ADP). Com uma extensão de 75 hectares, a área é de propriedade do Município de Salvador. A região passa por revitalização com verbas do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). O parque situa-se entre a Enseada dos Cabritos e o bairro de Pirajá. 

Read more...
Postado por Anderson Souza | 0 comentários

De olho na Copa, estações do Metrô do Rio ganham sinalização em inglês



As 12 estações das Linhas 1 e 2 do Metrô do Rio de Janeiro terão nova identidade visual até junho. As estações Cinelândia e Vicente de Carvalho já receberam o novo modelo de informações. Entre as novidades do projeto estão as placas bilíngues de português/inglês e mapa do entorno, afixado próximo às bilheterias e nas plataformas.
O novo mapa das estações também foi redesenhado com várias informações importantes, como a distância aproximada das atrações turísticas e culturais e os produtos e serviços do MetrôRio como, por exemplo, o Metrô na Superfície.

As placas de alumínio são 100% recicláveis, nas cores cinza-chumbo e amarelo, o que garante um alto grau de contraste e facilidade na leitura. Os acessos nomeados por letras facilitam a localização dos usuários e também ajudam os portadores de deficiência física a localizarem os elevadores ou plataformas para o seu embarque ou desembarque.

Todos os produtos disponíveis na bilheteria estão passando por mudanças no sistema de cores e forma de apresentação para reduzir o tempo de atendimento e facilitar o uso dos modais. Somente na pesquisa, conceituação e instalação das estações-modelo, o MetrôRio investe R$ 1 milhão. A melhoria da sinalização interna e externa é assinada pela Crama Design Estratégico, através do designer Ricardo Leite, e tem consultoria de Carlos Teixeira, professor na Parsons NewSchool of Design (New York).

O MetrôRio, que hoje transporta 650 mil pessoas por dia, prevê aumento de demanda durante o calendário internacional de grandes eventos, como a Copa das Confederações, a Jornada Mundial da Juventude, as Olimpíadas e a Copa do Mundo. A ideia é preparar o modal para os turistas e passageiros que encontrarão informações de fácil entendimento e mais integradas aos pontos turísticos da cidade.


Fonte: http://goo.gl/r7yM3
Read more...
Postado por Andressa de Souza Silva | 0 comentários

Profissionais do turismo do Rio serão imunizados


Os colaboradores da hotelaria carioca serão vacinados contra sarampo, caxumba e rubéola (tríplice viral), difteria e tétano. A Secretaria municipal de Saúde, em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hospedagem (ABIH-RJ), pretende imunizar 100% dos profissionais que atuam na linha de frente do turismo.

A ação teve início este mês e a expectativa é de que a imunização seja concluída antes do início da Jornada Mundial da Juventude, que acontece entre os dias 23 e 28 de julho na cidade do Rio de Janeiro. 

“Nos períodos de grandes eventos, a chegada em massa de visitantes estrangeiros potencializa o risco de contaminação. Todo cidadão deve estar com sua caderneta de imunização em dia. No caso dos profissionais de turismo, que estão diariamente em contato com os visitantes, esse cuidado é ainda mais importante”, reforçou o presidente da ABIH-RJ, Alfredo Lopes.

Fonte: http://goo.gl/jEbA6

Read more...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...